• Tecnologia
  • Equipamento eletrico
  • Outros
  • indústria de materiais
  • Política de Privacidade
  • Sobre nós
  • Entre em contato conosco
Localização: Casa / Tecnologia / Visualização de Dados em Marketing: 5 Passos Chave | eWEEK

Visualização de Dados em Marketing: 5 Passos Chave | eWEEK

One-Stop Service Platform |
493

Os profissionais de marketing modernos são apresentados a uma grande quantidade de dados que exigem uma análise cuidadosa para identificar novas tendências e oferecer o melhor atendimento ao cliente. Os dados podem ser de dentro de sua organização, do mercado ou de concorrentes. A percepção desses dados orienta as empresas na tomada de decisões importantes – e na obtenção de vantagem competitiva.

Mas vasculhar esse mar de dados desorganizados pode ser uma tarefa avassaladora. Você pode facilmente perder padrões óbvios ou possíveis erros e acabar com uma análise falha.

Para ajudar, a visualização de dados pode converter dados complexos em um formato visual para uma rápida compreensão e análise. A apresentação mais clara das informações ajuda você a tomar decisões precisas e melhores planos de marketing.

Veja também: Principais ferramentas de visualização de dados

O que é visualização de dados?

A visualização de dados é o processo de apresentação de dados por meio de um gráfico, gráfico ou qualquer outra forma de contexto visual. Você pode visualizar os dados como um todo ou apenas as seções relevantes nas quais deseja se concentrar no momento. Isso permite que os funcionários – especialmente os não técnicos – entendam e analisem os dados melhor do que com texto simples ou números em uma tabela.

No local de trabalho, a visualização de dados permite que você absorva conjuntos complexos de dados e obtenha insights importantes rapidamente. A partir dessa análise, você pode criar campanhas de marketing significativas e tomar decisões de negócios informadas.

Veja também: O que é Data Analytics?

O uso da visualização de dados no marketing

As equipes de marketing podem utilizar a visualização de dados em quase todas as fases de divulgação, incluindo: processamento de dados que foram coletados, criação de uma estratégia de marketing e análise do desempenho da estratégia de marketing.

Aqui estão cinco maneiras pelas quais os profissionais de marketing usam a visualização de dados a seu favor:

1. Conversão de Dados Complexos em Formato Digestível

Os dados em uma planilha cansam os olhos e o cérebro porque você precisa estar totalmente atento para identificar as informações importantes. Alguns segundos de distração e você perde uma figura-chave que poderia identificar uma tendência ou um outlier.

Uma vez que as mesmas informações são apresentadas como um gráfico, fica mais fácil interpretar os dados e identificar padrões e conexões entre vários fatores.

Os profissionais de marketing podem usar esse recurso para converter os dados brutos coletados do mercado em um formato simples de entender e analisar. É mais fácil analisar a preferência do cliente e o desempenho da empresa dessa maneira. Esse insight permite que você crie de forma colaborativa novas estratégias de marketing eficazes e melhore as antigas.

Veja também: Principais técnicas de mineração de dados

2. Criando Perfis de Clientes

O marketing moderno exige entender as preferências de seus clientes para personalizar seus serviços e produtos. Se você não atender aos gostos deles, seu concorrente o fará. Esse uso de ferramentas digitais para atender aos compradores é um elemento central da transformação digital.

As equipes de marketing bem-sucedidas precisam criar perfis de seus clientes. O perfil pode ser categorizado por dados demográficos tradicionais, como idade, sexo e localização. Você pode criar outras categorias modernizadas, por exemplo, com base na plataforma de mídia social que eles usam ou no canal, link ou anúncio que os levou ao seu site etc.

Visualizar os dados de todos esses dados demográficos ajudará você a criar perfis precisos de seus clientes. Ele fornecerá informações sobre como diferentes grupos de clientes reagem a estratégias de marketing específicas, perfis com maior probabilidade de serem clientes recorrentes e produtos mais populares entre grupos específicos.

Ess

as informações orientam a equipe de marketing na criação de serviços personalizados para o cliente. Também é importante para anúncios segmentados eficazes e orientados por dados, otimizados para clientes-alvo específicos.

3. Analisando Estratégias de Marketing

Depois de criar e implementar estratégias de marketing, você precisa analisar o que funcionou e o que não funcionou. No início de qualquer campanha de marketing, você deve ter metas específicas e mensuráveis. Estes servirão como base para análises pós-comercialização.

Infelizmente, os dados brutos podem ser enganosos durante essa análise. Um determinado anúncio pode parecer bem-sucedido na geração de leads para seu site. Mas uma vez que os dados são visualizados em um gráfico que mapeia a jornada do cliente até o fim, você percebe que a maioria dos leads desse canal não se converte em clientes compradores.

Veja também: Principais ferramentas de análise de dados

4. Avaliar e melhorar o desempenho de várias plataformas

A maior parte do marketing hoje é feito digitalmente por meio de postagens de mídia social, blogs e sites. Mas – surpresa – plataformas de marketing como mídia impressa e de massa ainda são populares e eficazes. Claramente, você não pode alocar recursos iguais para todas essas plataformas. Em vez disso, identifique a plataforma mais eficaz para o seu produto, com base na natureza do seu público-alvo.

Você pode fazer isso avaliando os resultados de vendas atribuíveis a cada plataforma versus os recursos usados ​​para obter os resultados. A visualização dos dados (por exemplo, em gráficos) destacará as plataformas com o melhor retorno sobre o investimento (ROI). Mesmo entre plataformas semelhantes, como mídias sociais, concentre-se em sites específicos e avalie seu desempenho. Os de baixo desempenho podem ser descartados enquanto aqueles com melhores resultados recebem mais recursos.

5. Melhore as conversões do site

A experiência de um usuário em seu site determina o tipo e a duração da interação que eles terão com seu site e produto. Um site difícil de navegar, lento para carregar ou um inconveniente de qualquer outra forma afastará os clientes antes de comprar ou assinar. Um site com uma alta taxa de rejeição perde receita e também tem uma classificação baixa nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

É por isso que você precisa avaliar a jornada dos usuários em seu site, identificar os pontos problemáticos e eliminá-los para melhorar a experiência do cliente. Os dados visualizados ajudarão você a identificar se os problemas pertinentes estão vindo do próprio site.

Há também fatores externos nos quais você pode trabalhar. Por exemplo, sua escolha de um host pode afetar a velocidade de carregamento do seu site. Se você perceber que esse é o caso, mude para uma alternativa mais confiável para parar de perder clientes em potencial.

Essas avaliações e melhorias no site garantem que suas taxas de conversão continuem aumentando – mas, novamente, você deve monitorar isso constantemente.

Veja também: Melhores ferramentas de mineração de dados

Conclusão: Continue sempre analisando

As empresas modernas são executadas com dados de seus sistemas, dos sites dos concorrentes, do mercado e dos clientes. Toda empresa está, portanto, alocando recursos para coletar dados para superar seus concorrentes, e você também deveria. Mas os dados são inúteis se você não puder analisá-los adequadamente ou obter informações precisas para orientar suas decisões.

A visualização de dados possibilita que você compreenda os dados e também os explique para sua equipe e partes interessadas – facilmente e com suporte visual.

Sobre o autor:

Jerry Low é o fundador da WebRevenue.