• Tecnologia
  • Equipamento eletrico
  • Outros
  • indústria de materiais
  • Política de Privacidade
  • Sobre nós
  • Entre em contato conosco
Localização: Casa / Tecnologia / Comentário: 'Microsoft Flight Simulator' voa para certa multidão

Comentário: 'Microsoft Flight Simulator' voa para certa multidão

serv |
435

“Microsoft Flight Simulator”

sempre me confundiu. Não é um videogame tradicional de forma alguma. Os jogadores não encontrarão nenhuma história aqui, nem nenhuma estrutura real. Em seu cerne, o título é uma recriação radical do processo de voo que é preciso nos mínimos detalhes.

É o tipo de jogo que exige

uma sala dedicada a ele.

Os fãs constroem seus próprios cockpits, equipam-nos com manípulos e pedais, tudo em um esforço para aumentar o nível de realismo. Eles querem se sentir como se fossem um capitão voando pelos céus amigáveis. Essa devoção a um passatempo profissional é desconcertante. É um nicho de jogos incomum com a mesma energia dos fanáticos por brinquedos obcecados por modelos de trens. Eles também constroem quartos para suas diversões.

Qual é a vantagem de pilotar um pedaço virtual de metal no ar? Curioso sobre isso, mergulhei na versão recém-lançada Xbox Series X do “Microsoft Flight Simulator” na esperança de encontrar uma resposta. Desenvolvido pela Asobo Studio, o jogo lança os jogadores de cabeça no mundo da aviação. O jogo estimula os recém-chegados a enfrentar o Discover Flights, o que é uma má jogada. É como pedir a crianças que andem de triciclo sem aprender a engatinhar.

Os tutoriais de treinamento de vôo no “Microsoft Flight Simulator” são maneiras decentes de aprender a voar, mas algumas partes podem ser confusas. (Microsoft)

ONDE COMEÇAR

Descobri isso da maneira mais difícil depois de bater ao tentar dar uma olhada no acampamento base do Monte Everest. É melhor começar com o Treinamento de Voo e aprender o básico. Ao contrário de jogos como

"Ace Combat,"

O “Microsoft Flight Simulator” não espera que os jogadores façam curvas de Immelmann ou acrobacias de cabeça para baixo. Os jogadores pilotam aeronaves como Cessnas ou enormes jatos de passageiros como o Airbus A320. O que quer que eles escolham, esses aviões não são feitos para loops.

O objetivo é ir do Ponto A ao Ponto B. Isso envolve tirar os freios de estacionamento, acelerar o avião para decolar e voar na altitude e velocidade certas. Por causa do realismo do “Microsoft Flight Simulator”, os jogadores perceberão como os pilotos precisam equilibrar a velocidade com voar mais alto. Quanto mais íngreme for a subida, menor será a velocidade de avanço. Além disso, acelerar o motor irá eliminar o combustível e enviar os jogadores cada vez mais alto.

Quanto mais eu jogava, mais apreciava os melhores elementos da aviação. Não consegui descobrir o que todos os botões faziam, mas descobri o básico. O “Microsoft Flight Simulator” ensinará os jogadores a decolar, voar e pousar um avião. Os tutoriais também irão educar os jogadores sobre as Regras de Voo Visual, que os ajudam a chegar ao seu destino com base em pontos de referência terrestres. É um conceito da vida real que ajuda a rastrear voos e é a chave para obter certificações de piloto.

Embora os programas de treinamento de voo sejam um grande recurso, eles não são os melhores professores. Às vezes, eles podem ser confusos ou eles esperam que os jogadores saibam mais sobre o avião, apesar dos mostradores e telas esmagadores. Se os jogadores não atingirem os objetivos certos, o programa de treinamento de voo desmorona. Nem mesmo diz aos jogadores que eles falharam e, no processo, desperdiçará o precioso tempo dos jogadores.

Os jogadores se deparam com vários mostradores e medidores ao voar na cabine do “Microsoft Flight Simulator”. Pode ser intimidante. (Microsoft)

OUTRAS ATIVIDADES DE VÔO

Uma vez que a base de habilidade é definida, os jogadores podem realizar atividades que incluem voos de descoberta, desafios de pouso e viagens no mato. Os voos de descoberta são ambientes detalhados com muitos pontos de referência. É melhor para passeios turísticos virtuais. Enquanto isso, o Landing Challenges oferece aos jogadores cenários difíceis onde eles devem tocar em p

istas incomuns ou em condições difíceis.

O Bush Trips exige conhecimento VFR e testa o quão bem os jogadores podem seguir um plano de vôo com base em descrições e rumos ambientais. Cada um é um compromisso de tempo com viagens de mais de meia hora.

Esses são bons testes de habilidade, mas a essência do “Microsoft Flight Simulator” está em seu modo World Map, onde os jogadores criam seus próprios planos de vôo e viajam livremente ao redor do globo. O Asobo Studio usa aprendizado de máquina de ponta e computação em nuvem para mapear cada metro do planeta. Se os jogadores quiserem fazer um voo cruzado continental sobre a Ásia e a Europa, eles podem fazer isso, embora a viagem leve horas, como na vida real.

O “Microsoft Flight Simulator” renderiza o terreno e o clima para corresponder às condições do mundo real. Não é um fac-símile um para um, mas é bom o suficiente para que os jogadores possam decolar de um aeroporto próximo e sobrevoar suas casas. Se quiserem fazer algo mais ousado, como voar ao redor de um furacão no Caribe, podem se aventurar na tempestade.

Os jogadores podem escolher Discovery Tours e ver locais famosos como as Pirâmides de Gizé, no Egito, no "Microsoft Flight Simulator". (Microsoft)

CRUZANDO PELO MUNDO

Com o mundo inteiro como um playground, o “Microsoft Flight Simulator” oferece possibilidades empolgantes de descoberta. Uma das primeiras coisas que fiz foi sobrevoar a Disneylândia e o parque temático é renderizado decentemente. Os jogadores podem ver a Space Mountain brilhando ao sol e uma versão em bloco do Incredicoaster.

San Francisco é notável porque os dados são antigos e o jogo não renderizou destinos como a Torre Salesforce ou o Terminal Transbay. O “Microsoft Flight Simulator” pode ter a localização dos 117 milhões de grandes lagos no mundo, mas pode não renderizar uma trilha BART perfeitamente.

Artigos relacionados

Zynga adquire desenvolvedor 'Golf Rival', diz projeto 'Star Wars' no caminho certo

Apple Arcade adicionando os favoritos dos fãs 'Layton' e 'Monster Hunter Stories' para encerrar

Análise de 'Pokémon Go': Aqui está o que pegar no evento Ultra Unlock da região de Galar

Atingido pela revolta #MeToo, o chefe da Blizzard Entertainment está fora

Resenha: 'Great Ace Attorney Chronicles' resolve difícil enigma para a série

Quanto mais tempo eu passava no cockpit, mais eu conseguia entender o apelo dos simuladores de vôo. É uma forma de exploração com uma sensação viciante de descoberta. Ao percorrer lugares antigos, vi lugares familiares de diferentes perspectivas e descobri novos locais que despertaram interesses do mundo real. Ao viajar por terrenos desconhecidos, sempre quis me aventurar ainda mais naquela montanha ou praia no horizonte. Também ajuda o fato de o jogo ser incrivelmente bonito e vale a pena tirar screenshots para compartilhar nas redes sociais.

É uma maneira mais orgânica de percorrer o globo, diferente de ver apenas os locais no Google Maps. Os jogadores descobrem um mundo vivo onde podem ver os carros se movendo nas estradas e os animais vagando pela terra. O mundo no “Microsoft Flight Simulator” está mais vivo e, ao mesmo tempo, as viagens que os jogadores fazem parecem viagens.

Com isso dito, o jogo não é para todos. Muitos vão achar que é enfadonho e está em alguns lugares. Os tutoriais são frustrantemente obtusos, mas o “Microsoft Flight Simulator” tem seu apelo para quem tem a cabeça nas nuvens.

'Microsoft Flight Simulator'

3 estrelas em quatro

Plataforma:

Xbox Series X | S, PC

Avaliação:

Todo o mundo

Reportar um erro

Políticas e Padrões

Entre em contato conosco