• Tecnologia
  • Equipamento eletrico
  • Outros
  • indústria de materiais
  • Política de Privacidade
  • Sobre nós
  • Entre em contato conosco
Localização: Casa / Tecnologia / Startup Mantra: Obtendo sua rede para adicionar ao seu patrimônio líquido

Startup Mantra: Obtendo sua rede para adicionar ao seu patrimônio líquido

serv |
795

Sua rede é seu patrimônio líquido: é o bordão nos círculos de startups, no entanto, muito poucos podem utilizar seus pontos fortes de rede para impulsionar negócios e receitas.

Isso ocorre porque o valor das conexões de rede é invisível para nós. Satish Patil, um empresário, identificou essa lacuna e construiu uma plataforma avançada, 'Mitibase' para sincronizar, mapear e entender dados de relacionamento de ferramentas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM), livros de contatos, redes sociais, fluxos de comunicação, dados publicamente disponíveis e terceiros fontes do partido.

O Mitibase permite que indivíduos e empresas descubram oportunidades por meio de uma rede de relacionamento coletivo.

No início…

Satish Patil é PhD pela Universidade de Minnesota e um BTech da Universidade de Mumbai. Com duas patentes em seu nome, Patil percebeu a importância dos dados em 2009-10 e voltou à Índia para perseguir seu sonho empresarial.

“A análise de dados era muito rudimentar naquela época. Eu tinha começado uma consultoria boutique para análise de dados de saúde. Lutei por dois anos e consegui minha primeira tarefa da Flipkart para um de seus problemas relacionados ao atendimento ao cliente. Em 2015, houve um boom para a educação em ciência de dados. Muitas instituições acadêmicas e escolas de negócios me procuraram para elaborar cursos e ministrar palestras. Meu negócio começou a partir daí”, diz Patil.

“Eu formei outra empresa 'Crysagi Systems' que atendia startups da Índia. Em 2019, a análise de dados começou a ser comoditizada. Construir uma vertical de análise de dados organicamente não foi fácil. Eu queria entrar no produto e sair do negócio de serviços. A Crysagi foi adquirida pela CoreView Systems e eu saí em 2019”, diz ele.

Competência x relacionamento

Enquanto estava na Crysagi, Patil aconselhou empresas farmacêuticas globais, gigantes do comércio eletrônico, organizações industriais, empresas de saúde e empresas de tecnologia financeira sobre estratégia de dados e recursos algorítmicos para resolver problemas de negócios. Ele tinha visto como a tecnologia evolui e precisa ser construída, do zero.

Diz Patil: “Uma coisa que percebi, que ninguém me ensinou na escola, em casa, no escritório ou em qualquer outro local de trabalho, é a importância do relacionamento. A competência é importante e necessária para ter sucesso nos negócios, mas ter um bom network e relacionamentos pode ser um dos diferenciais competitivos para o seu negócio. Se alguém investe mais tempo, dinheiro e energia nos relacionamentos, eles podem progredir 10x mais. Podemos contratar competência, mas não relacionamento e alcance. Relacionamentos são uma vantagem injusta e quem tem isso vai progredir mais rápido.”

“Outro erro que muitas vezes cometemos é olharmos para cada oportunidade como uma transação e não como um relacionamento. As pessoas bem-sucedidas agem sobre isso, mas não dizem isso. Percebi que, como pessoa ou organização, não valorizamos os relacionamentos porque eles não são visíveis. Até certo ponto, estamos cientes de nossa rede próxima imediata, mas quase sem noção sobre a rede estendida em tempo real. No nível organizacional, isso é quase inexistente. Várias organizações possuem software de Customer Relationship Management (CRM), mas ele apenas captura clientes, prospects e leads. Ele não captura a rede de sua alta administração, funcionários, clientes. Então nós temos o capital de relacionamento que é inutilizado porque não é visível. Eu disse que vamos tornar isso visível para as organizações em tempo real”, disse Patil.

Capital de relacionamento

A rede de qualquer pessoa ou organização não é estática. Ele muda todos os dias e, portanto, é uma oportunidade de ganhar dinheiro.

'Relationship Discovery' é um aspecto importante que o Mitibase resolve através de sua plataforma.

Diz Patil: “A maioria das pessoas diria o que há de novo? Afirmam que sabem que o relacionamento é importante e também podem fazê-lo de forma manual, intermitente e esporádica. O desafio está em trazê-lo em uma plataforma e isso também visualmente. Outro problema com dados disponíveis em domínio público (no Google, LinkedIn, sites de empresas) é que não podemos monitorá-los diariamente. Além disso, não está interconectado e não é conhecido por nós mutuamente. O Mitibase traz a rede direta e estendida de indivíduos e organizações em uma plataforma visual.”

“Eu queria criar uma base de conhecimento de relacionamentos em todo o mundo. Obviamente esse conhecimento seria armazenado em formato de dados. 'Miti' é uma palavra em sânscrito para

conhecimento e, portanto, em vez de banco de dados, cunhamos o nome 'Mitibase', que significa 'base de conhecimento de relações em todo o mundo'”, diz Patil.

Diz Patil, “Estamos visando dois segmentos principais. A primeira é a comunidade de investidores, incluindo fundos de capital de risco, fundos de private equity e bancos de investimento e a segunda é a venda de empresas no mercado médio (B2B, start-ups bem financiadas, empresas no nível de IPO). Procuramos valor suficiente em nossa oferta de extração de e-mail.”

“Devido ao surto de Covid-19, nos últimos dois anos nos concentramos mais no desenvolvimento de produtos do que nas vendas. Durante a pandemia, aceleramos nosso desenvolvimento de produtos. Agora precisamos de fundos para aumentar. Do total arrecadado, 70% serão usados ​​para vendas e marketing”, acrescentou.

Financiamento

Diz Patil: “Até agora, excluindo o salário do fundador, investimos US$ 0,5 milhão desde maio de 2019. Estamos em um momento em que planejamos a rodada da Série A nos próximos 90 dias. Estamos levantando US$ 5 milhões e estamos conversando ativamente com investidores institucionais baseados na Índia e nos EUA. Como empreendedor, eu me desenvolvi por três anos. Eu construí essa tecnologia e também temos clientes pagantes. Queremos arrecadar fundos, pois isso aumentará a validação e nos ajudará a aumentar”.

Gestão de relacionamento

Hoje existe um entendimento comum de que a estruturação e democratização dos dados é a chave. “Todas as pessoas de sucesso projetam seus relacionamentos, mas para os empreendedores todos os novos relacionamentos são serendipidade. Além da descoberta, como construir meus relacionamentos estratégicos daqui para frente é a questão que todo empreendedor enfrenta”, diz Satish Patil.

“Cada plataforma tem seus próprios desafios. Não há contexto para novas conexões. As pessoas usam um Sales Navigator como uma ferramenta para banco de dados, mas é pobre para gerenciamento de relacionamento porque a hierarquia no matchmaking de conexões não é mantida. Esses insights valiosos estão faltando”, afirma.

“Na plataforma Mitibase, demos opções de filtragem na hierarquia de conexão. Definimos essas posições como tomadores de decisão. O usuário da nossa plataforma tem a capacidade de filtrar qualquer conexão hierárquica. Também conhecemos o contexto entre as duas pessoas e a interação entre elas – como os e-mails que elas mandam uma para a outra ou seus investimentos em qualquer empresa, etc. Eventualmente, toda a visão é que nossa plataforma se torne o maior CRM – o Relacionamento Coletivo Software de gestão”, acrescenta.

- Necessidades de construção de relacionamento estratégico:

- Descoberta de relacionamento

- Inteligência de Relacionamento

- Gerenciamento de fluxo de trabalho de relacionamento

O dilema do Chief Experience Officer (CXO)

Diz Patil: “Se continuarmos conhecendo as mesmas pessoas, não teremos nenhuma descoberta de novas informações e, durante um período, todos terão as mesmas informações. A 'serendipidade' é achatada e é aí que as pessoas começam a procurar novas pessoas para novas informações. Os CEOs, a alta administração e os tomadores de decisão enfrentam esse dilema, mas não conseguem encontrar uma saída. Precisamos de assimetria de informações e é por isso que vemos uma informação valiosa de fora da nossa rede. Chamamos isso de descoberta de informações por meio de uma conexão fraca.”

Inteligência de relacionamento

Patil disse: “Temos uma equipe de oito pessoas no momento, incluindo os membros da equipe de desenvolvimento e pesquisa de produtos. Nosso foco será apenas nas vendas corporativas no segmento de investidores da indústria e do mercado privado. Precisaremos de cerca de 3 anos para capturar esse mercado gigantesco de cerca de US$ 25 bilhões.”

“Nossa estratégia de entrada no mercado está em vigor. Estamos iniciando as operações nos EUA este ano. Também estamos conversando com algumas empresas para integração de CRM com nossa plataforma. As empresas que usam software de CRM podem usar nossa plataforma para obter inteligência de relacionamento automatizada. Nossa plataforma dará uma nova definição ao software de CRM – um software de Gestão de Relacionamento Coletivo”, afirmou Patil.

COMPARTILHE ESTE ARTIGO NO